04/06/2014

A menininha magrela. "Confissões de uma Balzaquiana"

Olá Divas!!

Tudo bem por aí ?

Hoje eu quero contar pra vocês uma história, de uma menininha magrinha, um cisquinho praticamente.
Era ruim de comer tadinha, a mãe oferecia o mundo pra ela comer, mas ela só queria comer arroz, banana, caldinho de feijão, bolacha água e sal e uma carne ela também não rejeitava.

Com o tempo aquela menininha foi crescendo e aprendendo a comer mais algumas coisas, mas a "bichinha" era ruim de engorda.

Quando ela entrou na adolescência, era dois gravetinhos com cabelos lisos, comia, comia mas não engordava, pra achar um jeans que servisse só se fosse na parte infantil das lojas, 34 caia na magrela.

Depois que ela entrou na faculdade a coisa deu uma melhorada e o peso ficou ótimo, já achava roupas pra comprar já conseguia vestir 36, e ficou a louca por roupas, sapatos e acessórios naquela época a "menininha" usava sapato combinando com roupas e cintos, e essa mania deu trabalho pra mudar. Mas essa é uma outra história da menininha.

O tempo passou a menininha casou e trintou, já ouviu falar o tanto que ser balzaquiana atrapalha a nossa vida ? Vai chegar lá se ainda não chegou e me entender, pra quem já chegou, já sabe do que estou falando.
Como  um passe de mágica, a menininha começou engordar, engordar e só não explodiu porque abriu os olhos e resolveu emagrecer.

Após 6 meses de dieta controlada por ela mesmo eliminou 16kg e ficou magrinha novamente.
Mas depois de alguns anos, algo aconteceu com a menininha balzaquiana  ela voltou a engordar, e hoje após 4 anos ela engordou 8kg daqueles 16 kg eliminados.

E hoje pela manhã a menininha balzaquiana se olhou no espelho e se perguntou, o que está fazendo ?
Porque deixou chegar nesse ponto ? Tá querendo voltar a ser aquela "bolotinha" de 4 anos atras ?

A menininha balzaquiana vocês sabem quem é né ?
E a verdade é essa, subi na balança e vi esse número feio pra quem tem só 1,54m, em 4 anos eu ainda não tinha visto esse número 58,1 kg foi o que a balança me mostrou.

Na realidade não estou aqui fingindo que não sei o que está acontecendo, sei que a culpa de cada quilo adquirido é  minha, sou ré confessa,d sei de cada colherada que dei a mais, sei de cada alimento que entrou na minha boca sei que apesar de não estar comendo só coisas erradas, estou comendo a quantidade errada e pra quem tem praticamente 1,50 m como eu e não faz AF só pode dar nisso.
Sei de cada chocolate que entrou em minha boca, cada vez que repeti no almoço e jantar, sei da cervejinha que bebi com meu amor, de cada pãozinho no café da manhã. Eu confesso cometi todos esses crimes contra a minha balança.

Eu só não entendi ainda porque estou me punindo com alimentação, ou me bonificando com alimentos esse é o problema, pois enquanto não entender o porque vai ficar complicado voltar com tudo.

Agora o que me resta é tentar resgatar de algum lugar do passado meus pensamentos magros, os pensamentos daquela menininha magrela, que comia devagar, que comia pouco, que olhava os rótulos e anotava as calorias/pontos e saber o que tem que fazer o duro está sendo dar o primeiro passo, e recomeçar, a voltar pensar como magra.

Enquanto eu não conseguir colocar isso de volta na minha cabeça eu não vou conseguir emagrecer, só depende da minha cabeça entender que não estou mais magra, e que se continuar comendo vou ver aquele número novamente e não é o que eu quero, e nem a minha saúde.

Um beijo da menininha balzaquiana.

9 comentários:

Bethynha disse...

Forças ge, estamos juntas nessa, depois do casório engordei 7kg, em apenas dois meses. bora magrelar de novoo e de novooo
bjos

Fram Tomaz disse...

Gê, eu super me identifico contigo vc sabe, apesar de não ter um décimo de sua persistencia... mas comigo isto tbém aconteceu... sempre fui magrela até entrar na faculdade... ganehir uns 10kg nesta época... sem ver... sem me dar conta... casei e cheguei no maior peso... 89kg... emagreci, cheguei aos 81... e agora bati meu recorde...90,3 nossa como fiquei triste...mas não vou me render e estou buscando forças... já se foram 2kg... não posso me permitir descontar o stress na comida... preciso aprender a me respeitar.
Bjo Francys

Me visite no meu novo cantinho!
http://projetandomeucorpo.blogspot.com.br/

Aline Canteiro disse...

Oie! Não é fácil ver o metabolismo mudar e passar a se preocupar com coisas que antes não causavam problemas né?
Mas você ja conseguiu uma vez, pode fazer de novo!


Já eu sempre fui gordinha... SEMPRE... nesse momento estou no meu menor peso da VIDA (vida adulta tá..rs)! e nem sei onde posso chegar, mas quero descobrir!

Beijo e vamos juntas!

Danielle disse...

Gê ninguém mais do que vc para entender o que se passava e passa em mim, pelas horas de conversas, eu sei muito bem o que vc relatou mas acho que faz parte de uma fase das nossas vidas , tipo não ....chega ... e assim vai ...vamos cansando de pouco em pouco , mas amiga cuide agora porque depois dos 40 ainda é mais complicado viu, falo isso por experiência própria. Busque tudo que dentro de vc e comece de novo porque mais do que ninguém sabe o caminho para emagrecer, eu quero ver isso heim...hahahahaha olha só quem está falando Gê só porque está a 16 dias fazendo tudo certinho * EU tô feliz) ...kkkkkkk Gê hoje fui na endócrina num pré retorno antes de levar todos os exames pronto e amiga já emagreci 900 gramas desde que fui lá na semana passada estou muito feliz... beijos e vamos juntas nessa caminhada sempre...bjs Dani

Mari Aragão disse...

Isso não vale né... também engordei depois da faculdade, mas nunca fui magrela, sempre gordinha na infância, depois sequei na adolescencia... mas a gente consegue !!

Ninna Bueno disse...

Gê, descobri uma coisa: Tbém sou uma menina balzaquiana kkkkkk

Bora tentar manter a cabeça no lugar e pensar antes de agir.

Beijo

leila diniz (blog vitrine @ugust@) disse...

. quase chorei lendo minha amiga mais que querida, trocando uma coisa aqui outra ali estou no mesmo barco que vc, inclusive assumindo minha culpa, minha máxima culpa pelos quilos adquiridos e pela falta de determinação para voltar a ter os hábitos que me fizeram emagrecer.
. vamos persistir!
. bj. fique com DEUS.

Andressa Orlandi disse...

Gê,

Eu também estou no mesmo barco que você, mesmo sabendo que não posso repetir ou comer qualquer outro alimento, acabo fazendo. Ao invés de ajudar, estou piorando minha situação.

Essa semana até que consegui alguns avanços, mas ainda esta longe de ficar bom!

Beijos e vamos magrelar.

VickiS disse...

Oi Ge a gente sem pre sabe o que fazer, mas tem horas que parece que enche o saco e da vontade de chutar o balde, mas você vai consegui voltar pro foco. Meu peso aumentou 73kl. bjs